PBGÁS supera a marca dos 3 mil apartamentos conectados ao gás canalizado em Campina Grande

A Companhia Paraibana de Gás (PBGás) chegou a marca dos 3 mil clientes residenciais e 40 prédios conectados ao gás natural no município de Campina Grande.  Nesta quinta-feira (20), a companhia concluiu a ligação do edifício Niemeyer, no bairro Sandra Cavalcante, que já conta com rede de gás canalizado.

O edifício Niemeyer possui 56 apartamentos que passam a usufruir das vantagens do gás canalizado como o fornecimento contínuo, segurança, comodidade e economia.

O síndico João Nogueira destacou que o fato da rede passar na porta do condomínio a característica ecológica e a redução dos custos foram determinantes para optar pelo gás natural. “Teremos uma redução na conta de gás em torno de 30%, o que que é algo muito relevante em benefício de todos os moradores”.

João Nogueira afirmou que outros pontos também foram importantes para o prédio optar pelo gás canalizado, como oferecer uma maior segurança aos condôminos e também obter ganho de espaço no térreo, já que o local utilizado para armazenamento do GLP será utilizado para fazer um bicicletário. “Estamos satisfeitos com os serviços oferecidos pela PBGÁS e com as vantagens do gás canalizado”, completou.

O gerente de mercado Residencial e Comercial, George Ferreira destacou que com a ampliação da rede de gás em Campina Grande, o foco agora é ampliar as ligações nas áreas atendidas ampliando nos mercados residenciais e comerciais. “O nosso crescimento comprova que o gás natural é um produto bem aceito no mercado pela sua praticidade, segurança e economia”, destacou George Ferreira.

Rede em Campina Grande 

No ano de 2022 a PBGÁS já investiu mais de R$ 1 milhão na ampliação da rede de gás nos bairros do Catolé, Sandra Cavancante, Liberdade e Itararé. Em Campina Grande a rede contempla os bairros do Catolé, Sandra Cavalcanti, Liberdade, Itararé, Quarenta, Bodocongó e Distrito Industrial.